E.Near quer crescer 60% e contratar 50 engenheiros em 2016

Publicado em 20/07/2016 00:14 em Empresas

A tecnológica portuguesa E.Near, criada em 2013 por três quadros portugueses, indica que pretende obter um crescimento de 60% da sua facturação no ano em curso, para 4 milhões de euros, e contratar mais 50 engenheiros de software até ao fim de 2016.

Em comunicado, a companhia revela que emprega actualmente 75 trabalhadores e tem clientes na Inglaterra, Irlanda, Estados Unidos, Alemanha, Suíça e Croácia, prevê abrir um escritório no Porto ainda este ano, a juntar à sede em Lisboa e ao escritório da Covilhã, e pretende entrar no Médio Oriente e América Latina nos próximos dois anos.

O CEO da empresa, Nuno Melo, citado no comunicado, indica que a empresa facturou 30 mil euros no ano da sua fundação, aumentou para 300 mil em 2014 e atingiu 2,5 milhões de euros no ano passado.

Nuno Melo acrescenta que a empresa se especializou no «nearshore», apostando em pessoas qualificadas e adicionando uma camada de gestão que permite obter um elevado grau de satisfação dos clientes.

Com os planos de expansão, Nuno Melo prevê que a empresa crie mais 50 a 100 novos postos de trabalho adicionais no ano de 2017, para além da meia centena indicada para 2016.

Ainda sem comentários