Despesa Reino Unido em TI pode cair até 10% com Brexit – Canalys

Publicado em 05/07/2016 00:17 em Geral

A consultora e analista de mercados Canalys estima que após a vitória do Brexit no referendo a despesa do Reino Unido em tecnologias da informação (TI) poderá cair até 10% no ano em curso, devido à incerteza e aos movimentos de capitais para reduzir riscos, uma tendência que deverá continuar em 2017.

A consultora espera que as incertezas quanto ao futuro das relações comerciais entre o Reino Unido e a União Europeia (UE) faça cair a despesa de TI britânica no imediato e admite que uma libra esterlina fraca deverá resultar em preços das tecnologias mais elevados.

Afirma que a decisão de saída da UE tem consequências a curto e longo prazo, que não serão muito claras nos próximos meses ou mesmo anos, enquanto são negociados os termos da saída e das relações comerciais futuras.

A consultora observa que esperava uma despesa de 90 mil milhões a 100 mil milhões de dólares em tecnologia no Reino Unido este ano e que esse valor deverá cair cerca de 10% em 2016, estimando que em 2017 a queda possa aprofundar-se, com um declínio médio de 15% nos orçamentos britânicos para tecnologias da informação.

Acrescenta que a libra pode cair para um valor abaixo de 1,20 dólares se a confiança continuar a deteriorar-se e o capital a refugiar-se em activos mais seguros.

Ainda sem comentários