Microsoft anuncia aquisição da rede social LinkedIn

Publicado em 14/06/2016 23:46 em Internet

A Microsoft anunciou segunda-feira um acordo para aquisição da rede social LinkedIn por um montante de 26,2 mil milhões de dólares (23,4 mil milhões de euros), partindo de um preço de 196 dólares (175 euros) por acção.

Em comunicado, a Microsoft indica que Jeff Weiner continuará como CEO do LinkedIn, que manterá uma marca própria e a sua cultura e independência, reportando ao CEO da Microsoft, Satya Nadella.

O LinkedIn é uma rede social de carácter essencialmente profissional, embora nos últimos anos essa característica se tenha diluído ligeiramente. Inicialmente a adesão ao LinkedIn processava-se por convite de um dos seus membros.

A Microsoft sublinha que o LinkedIn é a maior e mais valiosa rede profissional do mundo e continua a construir um forte negócio em crescimento, recordando que no ano passado a companhia lançou uma nova versão da sua app móvel.

Acrescenta que o LinkedIn, que adquiriu uma plataforma de aprendizagem online denominada Lynda.com para entrar um novo mercado e desenvolveu uma nova versão do seu produto Recruiter para as empresas suas clientes.

A multinacional de software destaca que o LinkedIn teve um crescimento homólogo de 19% no número de membros, para 433 milhões a nível mundial, 105 milhões de membros visitantes únicos por mês (mais 9%) aumento de 49% no uso móvel da rede, 45 mil milhões de páginas vistas por trimestre, um acréscimo de 34%, e listagem de mais de 7 milhões de empregos activos por ano, uma multiplicação por dois.

A Microsoft revela que a aquisição foi aprovada por unanimidade pelas administrações das duas empresas e indica que a aquisição deverá ficar concluída durante o ano em curso.

Ainda sem comentários