Vendas dispositivos computadores em mínimos de cinco anos

Vendas dispositivos computadores em mínimos de cinco anosPublicado em 11/05/2016 23:48 em Equipamentos

As vendas de computadores de secretária, portáteis, tablets destacáveis do teclado e tablets simples desceram para 101 milhões no primeiro trimestre de 2016, uma queda homóloga de 13% e o nível de vendas maisbaixo desde o segundo trimestre de 2011, estima a consultora e analista de mercado Canalys.

O relatório da Canalys, subscrito pelo analista sénior Tim Coulling, indica que a Apple, apesar de uma queda homóloga de 17%, continuou a liderar aquele mercado, com 14 milhões de unidades vendidas, seguida de perto pela Lenovo, que registou uma redução a dois dígitos devido ao enfraquecimento do seu mercado doméstico, a China.

Com excepção do aumento de 13% das vendas dos tablets destacáveis, todos os restantes segmentos tiveram quedas de vendas, com destaque para os tablets simples, com um recuo de 15%, para menos de39 milhões de unidades, em queda pelo sexto trimestre consecutivo, indica a analista.

Acrescenta que as vendas na Ásia/Pacífico (incluindo China) caíram 14%, com o mercado chinês a apresentar o terceiro trimestre consecutivo de descidas a dois dígitos, na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) baixaram 15%, com as vendas de portáteis a recuarem 18% homólogos, mas a tendência de queda nos portáteis deverá abrandar no trimestre em curso.

A consultora prevê que no segundo trimestre as vendas na Europa Ocidental melhorem mas que continuem a reduzir-se no Médio Oriente e África.

A Canalys indica que a América do Norte foi a região com melhor desempenho nos primeiros três meses de 2016, com uma queda de vendas de dispositivos computorizados de apenas de 5%, e as vendas de iPad Pro e Surface Pro (da Microsoft) influenciaram positivamente o mercado norte-americano.

A Canalys antecipa que as vendas de tablets destacáveis deverão continuar a crescer nos Estados Unidos e nos países mais ricos.

Ainda sem comentários