Esmagadora maioria hospitais tem ligação em banda larga

Publicado em 04/11/2010 00:20 em Geral

A quase totalidade (98,7%) dos hospitais portugueses utiliza a Internet e 94,9% destes dispõe de ligações de banda larga, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

O INE indica que mais de um quinto (21,1%) dos hospitais nacionais efectua actividades de telemedicina (praticadas em um terço dos hospitais públicos mas apenas em 6,5% dos privados), com destaque para a tele radiologia e a teleconsulta.

O INE salienta que a utilização de tecnologias da informação e comunicação (TIC) está generalizada nos hospitais portugueses, adiantando que a totalidade dos hospitais privados e 97,7% dos públicos dispunham de Internet. Contudo, apenas 92,5% dos hospitais particulares têm ligações de banda larga, enquanto 96,9% dos publicos que dispõem de Internet têm banda larga.

Em Lisboa, no Alentejo, na Madeira e nos Açores a totalidade dos hospitais dispõe de Internet de banda larga mas o acesso a esta funcionalidade desce para 87,5% no Algarve, 98,3% no Centro e 98,7% no Norte.

A procura e recolha de informação é a funcionalidade Internet mais utilizada pelos hospitais nacionais (99,6%), seguindo-se a consulta de catálogos de aprovisionamento (87,9%), a troca de ficheiros com outras unidades de saúde (86,2%), o acesso a bases de dados (83,6%) e a comunicação com outras unidades de saúde (81,9%).

O inquérito de 2010 revela que no ano passado 35,3% dos hospitais efectuaram encomendas de bens e serviços por vis electrónica.

Mais de 88% dos hospitais têm presença na Internet, sendo que mais de três quartos destes (76,3%) dispõem de um sítio Internet próprio e os restantes integram o sítio do Ministério ou um portal de saúde

Ainda sem comentários