Intel facturou mais 7% no primeiro trimestre fiscal

Publicado em 20/04/2016 00:10 em Geral

A multinacional fabricante de semicondutores Intel anunciou que o seu volume de negócios atingiu 13,7 mil milhões de dólares (12,0 mil milhões de euros) no primeiro trimestre fiscal de 2016 (terminado a 2 de Abril), um aumento homólogo de 7%.

Em comunicado de resultados, a Intel indica que os seus lucros cresceram 3%, para 2,0 mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de euros) e os seus resultados operacionais estabilizaram em 2,6 mil milhões de dólares (2,3 mil milhões de euros).

O CEO da Intel, Brian Krzanich, citado no comunicado, diz que está em marcha e vai acelerar em 2016 a transformação estratégica da companhia, para deixar de ser uma empresa de PC para se transformar numa companhia de cloud e de milhares de milhões de dispositivos ligados em rede.

Para o segundo trimestre do ano em curso, a Intel espera receitas entre 13 mil milhões de dólares e 14 mil milhões de dólares.

Para o conjunto de 2016, a multinacional espera que o seu volume de negócios cresça a um dígito e que as despesas de reestruturação atinjam 1,2 mil milhões de dólares.

A par com os resultados do primeiro trimestre fiscal, a Intel anunciou uma iniciativa de reestruturação para acelerar a transformação para uma companhia focada em segmentos de alto crescimento e tornar a empresa mais eficiente e rentável, que vai levar ao despedimento de até 12 mil trabalhadores.

Indica que em 2015 os segmentos de forte crescimento representaram 2,2 mil milhões de dólares de crescimento das receitas e representaram 40% do volume de negócios.

A Intel espera que o programa de reestruturação lhe permita poupanças de 750 milhões de dólares em 2016 e de 1,4 mil milhões de dólares até ao fim do primeiro semestre de 2017.

Ainda sem comentários