Lucros Sonaecom multiplicaram-se por 11 nos nove primeiros meses

Publicado em 03/11/2010 23:06 em Destaques

Os lucros da Sonaecom multiplicaram-se por 11 nos três primeiros trimestres de 2010, atingindo 29,7 milhões de euros, indicou hoje a holding para as telecomunicações, tecnologia e media do grupo Sonae.

O aumento dos resultados líquidos foi obtido apesar de um recuo de 4,5% no volume de negócios, que ficou em 684,1 milhões de euros nos nove primeiros meses do ano, uma queda explicável pela redução de 12,4% nas tarifas de terminação, pela diminuição de preços de roaming e pela queda de 23,5% nas vendas de equipamentos.

As receitas do negócio fixo baixaram 3,1%, para 180,7 milhões de euros.

No entanto, as receitas de clientes cresceram 1,1%, para 349,3 milhões de euros.

As receitas de dados representaram nos nove primeiros meses do ano em curso 30% das receitas de serviços, mais 2,7 pontos percentuais do que no mesmo período de 2009.

Em comunicado de apresentação dos resultados, a Sonaecom indica que os custos opercionais diminuiram 6,8%, para 528,4 milhões de euros, no âmbito de um plano de optimização da organização, em curso.

O CAPEX (despesas de capital, investimento) situou-se em 87,1 milhões de euros e a Sonaecom assinala que continuou a reforçar a capacidade da sua rede de acesso.

A companhia aumentou 3,3% o número de trabalhadores, passando a empregar 2 070 pessoas.

A área tecnológica da Sonaecom apresentou uma redução de 11,5% do seu volume de negócios, para 102,3 milhões de euros, explicável pelo decréscimo de 24,7% nas vendas de equipamentos, mas as receitas de serviços aumentaram 7,9%.

A WeDo Technologies continuou a ampliar a sua presença internacional e nos nove primeiros meses deste ano o peso da facturação no estrangeiro atingiu 64,1% do total, indica a Sonaecom.

Ainda sem comentários