Regulador comunicações britânico quer agilizar mudança operador móvel

Publicado em 24/03/2016 00:33 em Geral

O regulador de comunicações britânico, a Ofcom, anunciou quarta-feira que pretende tornar mais fácil a mudança de operador móvel, beneficiando os cerca de 47 milhões de clientes de serviços móveis no Reino Unido.

A Ofcom assinala que 38% dos dois milhões e meio de pessoas que mudaram de operador de telecomunicações móveis nos últimos 18 meses indicaram que enfrentaram problemas graves para efectuar essa alteração. Um em cada cinco revelou ter perdido temporariamente o serviço, 11% que tiveram dificuldades no contacto com o fornecedor de onde queriam sair e 10% apontaram problemas no cancelamento desse serviço.

O regulador acrescenta que 5,9 milhões de utilizadores de serviços móveis nunca mudaram de operador nem consideram mudar para um novo fornecedor devido às preocupações com o processo envolvido.

A Ofcom, que até Junho mantém uma consulta sobre as suas opções, indica que a solução que prefere é colocar a mudança de serviço, incluindo a transferência do número de telefone, na responsabilidade do novo operador para onde o cliente quer mudar.

O processo fica completamente entregue ao novo fornecedor de serviços, que deverá informar o cliente do período de pré-aviso que tem de dar ao anterior fornecedor do serviço móvel, adianta.

O regulador afirma que pretende com a nova decisão final, que deverá ser adoptada no Outono de 2016, evitar que os clientes fiquem temporariamente sem serviço durante a mudança de operador, ou que haja sobreposições do anterior e do novo contrato que levem a pagamentos em duplicado.

Sharon White, presidente executiva da Ofcom, citada no comunicado do regulador, afirma que «é inaceitável que as pessoas estejam a perder ofertas mais favoráveis porque receiam as complicações da mudança ou adiem essa mudança porque no passado tiveram uma experiência negativa».

«Queremos que os consumidores de serviços móveis beneficiem de uma mudança mais rápida e mais simples, tornando mais fácil para eles tirar benefícios das escolhas disponíveis no mercado», garante a dirigente do regulador.

A Ofcom revela que o próximo passo será facilitar a mudança de consumidores com pacotes de serviços ou serviços fixos de televisão paga, telefone fixo ou Internet de banda larga, devendo pôr em consulta propostas sobre esta questão no Verão.

Ainda sem comentários