Cerca 35,9 milhões lares europeus com fibra óptica

Publicado em 29/02/2016 23:39 em Geral

No fim de Setembro do ano passado havia na Europa 35,9 milhões de subscritores residenciais de tecnologia de fibra óptica até casa ou até ao edifício (FTTH/B), anunciou o FTTH Council Europe.

O FTTH Council, organização não governamental que dinamiza a adopção de fibra óptica, adianta que a Alemanha, Polónia e Croácia entraram no ano passado na lista dos países em que o número de subscritores de FTTH/B atingiu ou é superior a 1% do número de lares.

Na Europa, havia no fim de Setembro passado cerca de 127 milhões de casas passadas, isto é, com capacidade potencial para aceder a fibra óptica, embora só bastante menos de um terço tenha subscrito aquele serviço.

Portugal, que há vários anos integra o ranking, está em oitavo lugar na lista europeia, com uma taxa de penetração superior a 18%, o que lhe confere o 17.º lugar no mundo, onde a Coreia do Sul é líder com uma taxa de penetração de cerca de 75%, segundo dados do FTTH Council Europe.

Na Europa, a Lituânia lidera com mais de 36% de taxa de penetração, seguida da Letónia, Suécia, Rússia, Noruega, Roménia, Bulgária, Portugal, Dinamarca e Eslovénia.

Entre as três dezenas de Estados europeus que atingiram ou ultrapassaram uma taxa de penetração de 1%, a Itália, Croácia, Alemanha e Polónia ocupam a cauda do pelotão.

Os dados do FTTH Council indicam que há 54 países no mundo que já atingiram ou excederam 1% de penetração de FTTH/B, mas entre as principais economias o mais bem classificado é o Japão (sexto), surgindo a Rússia em 12.º, a China em 16.º, os Estados Unidos em 29.º, a França em 33.º, o Canadá em 38.º, a Austrália em 40.º, o Brasil em 49.º, a Itália em 50.º e a Alemanha em 52.º.

O Reino Unido, uma das grandes economias da União Europeia, não faz parte da lista, o que indica que a taxa de penetração de FTTH/B será inferior ao mínimo exigido para a integrar.

Ainda sem comentários