Vendas wearables em Portugal quase quadruplicaram em 2015

Vendas wearables em Portugal quase quadruplicaram em 2015Publicado em 02/02/2016 15:23 em Equipamentos

As vendas de wearables em Portugal, partindo de um total reduzido, quase quadruplicaram em 2015 (mais 276%), para 117 mil unidades, estima a consultora e analista de mercados IDC.

A consultora indica que os wearables básicos (principalmente para fitness) representaram ainda 70% das vendas no ano passado, com um acréscimo de 256%, enquanto os wearables inteligentes (principalmente smartwatches) cresceram 334%, mais do que quadruplicando as vendas, e aumentaram o seu peso no mercado português de wearables para 30%.

Francisco Jerónimo, director europeu da IDC, citado em comunicado, destaca que «o mercado português de wearables é ainda bastante incipiente».

No ano passado, «as vendas de wearables representaram apenas 4% das vendas de smartphones, ou seja, foram vendidos 321 wearables por dia em 2015, um número significativamente inferior aos cerca de 8 mil smartphones que se venderam em média» diária», observou.

«A oferta limitada de produtos e o quase total desconhecimento por parte dos consumidores das capacidades e valor daqueles produtos leva a que o mercado ainda seja reduzido. Contudo, verificou-se um crescimento sustentado das vendas em cada um dos trimestres, fruto da oferta de produtos por parte dos vários canais de venda e do aumento do investimento em marketing dos diversos fabricantes», adianta Francisco Jerónimo.

A IDC estima que o grande potencial de crescimento das vendas está nos wearables inteligentes, em particular nos smartwaches e prevê que as vendas de wearables em 2016 cresçam 46%, para cerca de 170 mil unidades, com as de smartwatches a subirem 68%.

A Apple foi o maior fabricante mundial de smartwatches no ano passado, apesar de só ter lançado o seu primeiro modelo em Abril, conseguindo uma quota de 61% do mercado global, revela a IDC, indicando que a marca da maçã vendeu 13milhões de unidades a nível mundial e 5,2 milhões na Europa.

A IDC antecipa que a Apple possa vender em Portugal 11 700 unidades de Apple Watch em 2016, alcançando a liderança do mercado com uma quota de 24%.

Ainda sem comentários