Volume de negócios da Ericsson cresceu 8% em 2015

Publicado em 28/01/2016 00:16 em Indústria

A multinacional fabricante de equipamentos e soluções de redes de telecomunicações Ericsson anunciou que o seu volume de negócios cresceu 8% no ano passado, para 246,9 mil milhões de coroas suecas (26,6 mil milhões de euros).

Em comunicado de resultados, a Ericsson indica que os seus lucros cresceram 23,4%, atingindo 13,7 mil milhões de coroas suecas (1,4 mil milhões de euros).

Os resultados operacionais, excluindo despesas de reestruturação, cresceram 30% e ascenderam a 21,8 mil milhões de coroas suecas (2,4 mil milhões de euros).

Os resultados de 2015 foram influenciados pelo acordo por sete anos assinado com a Apple para resolver uma disputa de patentes, nos termos do qual a companhia norte-americana fez um pagamento inicial à Ericsson, de montante confidencial, a que se seguirão no futuro outros pagamentos de royalties.

A Ericsson indica que em 2015 o segmento de redes recuperou e os investimentos na América do Norte se mantiveram estáveis. Os três segmentos de negócio (redes, serviços globais e soluções de suporte) tiveram crescimentos de vendas. A área de soluções de suporte cresceu 19%, a de serviços globais 15% e a de redes 5%.

O crescimento das vendas totais na Índia (74%), América do Norte e China continental foi contrariado por vendas mais baixas no Japão, Rússia e Brasil. No principal mercado, a América do Norte, as vendas subiram 7%.

Hans Vestberg, presidente e CEO da Ericsson, citado no comunicado, indica que o foco em 2016 será aproveitar as oportunidades na tecnologia de quarta geração LTE à medida que mais mercados mudam para o 4G e trabalhar para manter a liderança no caminho para o 5G.

Vestberg manifesta confiança na capacidade da multinacional sueca para atingir até 2017 a meta de 9 mil milhões de coroas suecas (970 milhões de euros) no programa de redução de custos e eficiência.

Ainda sem comentários