Resultados recorde da Apple no ano fiscal de 2015

Publicado em 28/10/2015 00:00 em Indústria

Resultados recorde da Apple no ano fiscal de 2015



A Apple anunciou hoje um volume de negócios recorde de 233 715 milhões de dólares (211 737 milhões de euros) no ano fiscal de 2015, terminado a 26 de Setembro passado, um acréscimo homólogo de 27,9%.

No quarto trimestre do ano fiscal de 2015, a Apple teve também receitas recorde de 51 501 milhões de dólares (46 658 milhões de euros), um aumento homólogo (face ao mesmo período do ano anterior) de 22,3%, sendo 62% da facturação obtida fora dos Estados Unidos.

A marca da maçã indica que no ano fiscal terminado a 26 de Setembro passado os seus lucros cresceram 35,1%, para 53 394 milhões de dólares (48 373 milhões de euros) e no quarto trimestre os resultados líquidos subiram 31,4%, para 11 124 milhões de dólares (10 078 milhões de euros), atingindo novos recordes.

Em comunicado, a Apple indica que as vendas de iPhones, que atingiram um recorde em quartos trimestres, as vendas de computadores Mac, que tiveram um recorde de sempre, e o acréscimo de vendas de Apple Watch impulsionaram os números do último trimestre do exercício.

Os resultados operacionais da companhia cresceram 35,7% no exercício de 2015, para 71 230 milhões de dólares (64 531 milhões de euros) e 31,0% no quarto trimestre, para 14 623 milhões de dólares (13 248 milhões de euros).

No ano fiscal que findou, as despesas de investigação e desenvolvimento (I&D) aumentaram 33,5%, para 8 067 milhões de dólares (7 308 milhões de euros).

Luca Maestri, administrador executivo com a área financeira (CFO), indicou que os resultados por acção cresceram 38% no quarto trimestre, para 1,96 dólares (1,77 euros) por acção.

A marca da maçã espera para o primeiro trimestre do exercício de 2016, a decorrer, receitas entre os 75,5 mil milhões de dólares (68,4 mil milhões de euros) e os 77,5 mil milhões de dólares (70,2 mil milhões de euros) e uma margem bruta entre 39% e 40% das vendas.

Ainda sem comentários