Windows Phone 7 surge em nove equipamentos este ano

Publicado em 11/10/2010 23:58 em Destaques

A Microsoft anunciou hoje em parceria com fabricantes que antes do Natal estarão disponíveis nove smartphones com o sistema operativo Windows Phone 7 em 60 operadores de 30 países da Europa, América do Norte, Ásia e Austrália.

Em Portugal, a Vodafone anunciou que vai comercializar em exclusivo o smartphone HTC 7 Trophy, que estará disponível antes do fim de Outubro, e a TMN anunciou para breve o lançamento em exclusivo do Samsung Omnia 7, ambos baseados no novo sistema operativo Windows Phone 7.

Steve Balmer, presidente executivo da Microsoft, citado em comunicado da multinacional, garante que a Microsoft e os seus parceiros vão proporcionar «uma nova experiência de telefone móvel», que «torna as tarefas do quotidiano mais rápidas».

A Microsoft afirma que todos os telefones com Windows Phone 7 vêm com o processador de elevado desempenho «Snapdragon», da Qualcomm, e trazem o Office Mobile 2010.

A empresa norte-americana de software assinala que o Windows Phone 7 permite uma fácil integração com equipamentos e funcionalidades da Microsoft, como o Windows Live, Office, Xbox live, Bing, Zune e outras e proporciona novas facilidades de configuração dos terminais.

O Windows Phone 7 disponibiliza a aplicação gratuita «Find my phone», desenvolvida em Portugal, em Braga, na antiga Mobicomp, adquirida pela multinacional e hoje centro de desenvolvimento da Microsoft para a área das comunicações móveis, que permite ligar para o telefone mesmo que esteja desligado, bloquear o terminal, apagar remotamente a informação que contém e localizá-lo num mapa.

Os terminais Windows Phone 7 vêm com uma botão para tirar directamente fotografias, mesmo que o telefone esteja desligado, e permitem jogar um conjunto de jogos da Xbox disponível para os smartphones com aquele sistema operativo.

A versão do Windows Phone 7 localizada para Portugal (em português e com as normas portuguesas) estará disponível em 2010, precisa a Microsoft Portugal, adiantando que até lá estará disponível a versão em inglês.

Ainda sem comentários