Samsung, em forte queda, mantém liderança smartphones

Samsung, em forte queda, mantém liderança smartphonesPublicado em 26/08/2015 23:32 em Indústria

A Samsung manteve no segundo trimestre de 2015 a liderança do mercado de smartphones mas vendeu apenas 72,07 milhões de unidades, uma queda homóloga de 5,3%, e a sua quota de mercado desceu 4,3 pontos, para 21,9%, revelou a consultora e analista de mercados Gartner.

O relatório da Gartner estima que as vendas de smartphones cresceram 13,5% homólogos (face ao segundo trimestre do ano passado), para quase 329,68 milhões de unidades.

A Apple registou um aumento de 36,0% homólogos, vendendo 48,09 milhões de iPhones, e a sua quota de mercado aumentou 2,4 pontos percentuais, para 14,6%, adianta a analista.

As vendas da Huawei progrediram 46,3%, para 25,83 milhões de smartphones, e a marca subiu para terceiro lugar no mercado mundial, com uma quota de 7,8% (mais 1,7 pontos), ultrapassando a Lenovo (que inclui a Motorola), cujas vendas recuaram 14,0%, para 16,41 milhões de unidades, ficando com um peso de 5,0% no mercado mundial (menos 1,6 pontos percentuais), indicam as estimativas da consultora.

Em quinto lugar, muito próximo da Lenovo, com uma quota de 4,9% do mercado mundial, surge a Xiaomi, cujas vendas cresceram 28,1% e atingiram 16,06 milhões de smartphones no segundo trimestre, segundo os dados da Gartner.

Anshul Gupta, director da Gartner, assinala que as vendas de smartphones na China recuaram pela primeira vez no segundo trimestre, com uma queda homóloga de 4%, devido a uma saturação do maior mercado de smartphones, que representa cerca de 30% das vendas mundiais.

Acrescenta que outros países emergentes da Ásia/Pacífico, Europa de Leste e Médio Oriente e África continuam a ser as regiões de maior crescimento.

A Gartner revela que as vendas de smartphones com sistema operativo Android foram afectadas no segundo trimestre pelo fraco desempenho na China e pelo bom comportamento das vendas de iPhones (sistema operativo iOS).

Anshul Gupta destaca que a Microsoft luta para conseguir maior procura dos telefones Windows Phone, mesmo no segmento de entrada, e prevê que a Microsoft mantenha a sua aposta nos smartphones.

O Android perdeu 1,6 pontos de quota de mercado e ficou com 82,2%, o iOS ganhou 2,4 pontos percentuais e atingiu 14,6% e o Windows Phone, apesar de um ligeiro crescimento das vendas, viu a sua quota de mercado recuar 0,3 pontos percentuais face ao segundo trimestre de 2014, para 2,5%.

O relatório da Gartner estima que no segundo trimestre de 2015 foram vendidos 445,76 milhões de telemóveis (smartphones e telefones tradicionais), mais 0,4% do que no segundo trimestre do ano passado.

A Samsung liderou no segundo trimestre o mercado mundial de telemóveis, com uma quota de 19,9%, seguindo-se a Apple (10,8%), a Microsoft (6,2%), a Huawei (5,9%), a LG (4,0%), a Lenovo (3,7%), a Xiaomi (3,6%), aTCL, que detém a marca Alcatel, com 3,5% de quota e a ZTE, com 3,3%, estima a Gartner.

Ainda sem comentários