NOS anunciou lucros de 24,1 milhões euros II trimestre

Publicado em 29/07/2015 23:49 em Operadores / Serviços

O operador de telecomunicações NOS anunciou lucros de 24,1 milhões de euros no segundo trimestre de 2015, um aumento homólogo de 30,7%.

Em comunicado de resultados publicado no sítio Internet da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS indica que as suas receitas de exploração cresceram 3,4% homólogos, para 355,9 milhões de euros.

A companhia resultante da fusão da ZON com a Optimus (grupo Sonae) afirma que no segundo trimestre registou um forte crescimento em todos os serviços core de telecomunicações.

Adianta que, pela primeira vez desde o último trimestre de 2012, a base de clientes de TV por subscrição cresceu em termos homólogos (mais 1,9%), para mais de milhão e meio de subscritores, e que mais de 37% dos clientes de acesso fixo subscrevem pacotes convergentes (mais do dobro dos 16% de há um ano), totalizando já 510 mil clientes.

Os clientes móveis aumentaram quase 14% homólogos no segundo trimestre e atingiram 3,86 milhões, precisa o operador.

Adianta que a receita média por cliente (ARPU) de acesso fixo residencial cresceu 12,2%, para 42,3 euros (mais 80 cêntimos de euro), devido ao crescimento dos pacotes convergentes.

O número de clientes empresariais cresceu 13,7%, para 1,17 milhões, afirma a empresa.

A área de cinema e audiovisuais teve um trimestre bastante positivo, com mais 19,5% homólogos de bilhetes vendidos e um ligeiro aumento da receita por espectador, de 4,6 para 4,7 euros.

As despesas de capital (CAPEX) ascenderam a 102,4 milhões de euros no segundo trimestre, um aumento homólogo de 15,5%, devido ao crescimento comercial e à expansão da rede.

Relativamente à actividade internacional, a NOS afirma que a sua participada ZAP se tornou num operador de referência em Angola e Moçambique.

Ainda sem comentários