CE abriu duas investigações formais contra Qualcomm

Publicado em 19/07/2015 23:13 em Indústria

A Comissão Europeia (CE) anunciou a abertura de duas investigações formais contra o fabricante de semi-condutores Qualcomm para averiguar situações de abuso de posição dominante na área dos processadores para dispositivos electrónicos de consumo.

A CE acusa a Qualcomm de oferecer incentivos financeiros aos clientes condicionados ao uso exclusivo ou quase exclusivo de produtos da companhia.

Outra questão em investigação incide sobre o eventual uso de «preços predatórios», mesmo abaixo do custo, para forçar os competidores no mercado de chipsets a sair do mercado.

Margrethe Vestager, Comissária com a área da Concorrência, citada no comunicado da Comissão Europeia, indicou que o objectivo daquelas investigações é garantir que os fabricantes de alta tecnologia possam concorrer pelo mérito dos seus produtos, observando que a efectiva competição é a melhor forma de estimular a inovação.

A Qualcomm é actualmente o maior fabricante mundial de processadores para tablets e smartphones.

Ainda sem comentários