Satya Nadella altera direcção da Microsoft, Elop sai

Publicado em 18/06/2015 22:37 em Empresas

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, anunciou em mensagem electrónica enviada aos trabalhadores da companhia uma alteração na estrutura e na direcção da empresa, da qual deixa de fazer parte Stephen Elop, ex-CEO da Nokia, e três outros altos executivos.

Stephen Elop foi dirigente da Microsoft, integrou depois a Nokia como CEO na altura da aposta da marca finlandesa nos smartphones com Windows Phone e do progressivo abandono do Symbian como sistema operativo próprio da Nokia e regressou à Microsoft quando a multinacional comprou a divisão de telemóveis da Nokia.

Quer na Nokia, onde com ele prosseguiu o declínio de vendas da marca finlandesa, quer na Microsoft, onde o Windows Phone nunca se afirmou como alternativa ao Android e iOS, Elop não atingiu os objectivos que se tinha proposto.

No comunicado em que anuncia as alterações e na mensagem enviada aos trabalhadores, Nadella afirma está a alinhar os esforços e a capacidade da engenharia da Microsoft com a estratégia da companhia e, em particular, com as três ambições centrais, isto é, reinventar a produtividade e processos de negócio, construir uma plataforma de «cloud» (nuvem) inteligente e criar mais computação pessoal.

Esta reestruturação integra-se na estratégia «cloud first, mobile first» e de lançamento do Windows 10 como um sistema operativo multiplataforma.

Neste contexto, a engenharia da Microsoft foi organizada em três grupos para aproveitar melhor as capacidades da empresa e fornecer os melhores produtos e serviços que os consumidores querem, com maior rapidez, segundo Nadella.

Terry Myerson vai liderar o Windows and Devices Group, que integrará a área de dispositivos móveis (MDG – Microsoft Devices Group), até agora dirigida por Steven Elop.

Scott Guthrie vai continuar a dirigir a área de cloud e empresas e Qi Lu mantém se à frente do ASG – Applications and Services Group.

Satya Nadella anuncia que concordou com Stephen Elop que, no âmbito desta reestruturação, era a altura certa de Elop se reformar da Microsoft e indicou que saem também da direcção da multinacional Kiril Tatarinov, Eric Rudder e Mark Penn.

Ainda sem comentários