Vendas PC na região EMEA caíram 7,7% no I trimestre

Vendas PC na região EMEA caíram 7,7% no I trimestrePublicado em 29/04/2015 00:58 em Equipamentos

As vendas de computadores pessoais pelos fabricantes caíram 7,7% na região EMEA – Europa, Médio Oriente e África no primeiro trimestre de 2015, para 20,2 milhões de unidades, revelou a consultora e analista de mercados IDC.

Depois de um ano de 2014 bastante favorável, dinamizado pelo fim do suporte ao Windows XP há cerca de um ano, o mercado voltou a retrair-se, afectado pela conjuntura macro-económica na Europa, o enfraquecimento do euro face ao dólar e a outras divisas, que encareceu os computadores, e as tensões políticas no Leste da Europa e no Médio Oriente e África.

O relatório da IDC indica que as vendas de computadores de secretária caíram 14%, enquanto as de portáteis foram menos penalizadas, com uma descida de 3,6%.

A consultora salienta que as existências são altas mas não são motivo de grande preocupação porque os valores dos stocks não são altos e muitos equipamentos foram comprados ainda com um dólar menos valorizado do que actualmente.

A IDC indica que as três sub-regiões registaram um declínio de vendas de PC mas que foi mais fraco na Europa Ocidental, com uma queda de 2%, que compara com uma redução de 23% na Europa Central e de Leste e uma diminuição de 10% no Médio Oriente e África.

As maiores economias da Europa Ocidental registaram quebras acentuadas de vendas de computadores no primeiro trimestre, enquanto na Grécia, Itália, Portugal e Espanha a tendência foi de recuperação e em França se verificou uma estagnação.

A IDC antecipa vendas muito mais fracas no mercado de consumo da Europa Ocidental no segundo trimestre de 2015 e nos trimestres que se seguem, prevendo que o mercado empresarial tenha também uma evolução negativa.

A HP manteve no primeiro trimestre a liderança na região EMEA, com um aumento de vendas de 0,1%, para 4,708 milhões de PC e uma quota de mercado de 23,25%, enquanto a chinesa Lenovo viu as suas vendas crescerem 19,8%, para 4,14 milhões de máquinas, registando um forte crescimento da quota de mercado, para 20,4%, a menos de 3 pontos percentuais da HP.

Em terceiro lugar surge a Dell, com 2,21 milhões de unidades vendidas (menos 10,1%) e uma quota de 10,9%, seguida pelo grupo Acer, com vendas de 1,76 milhões de PC (menos 16,4%) e uma quota de 8,7%, e pela ASUS, com vendas de 1,75 milhões de computadores (menos 8,7%) e um peso de 8,6% no mercado da EMEA.

Ainda sem comentários