Receitas indústria semicondutores cresceram 7,9% em 2014

Publicado em 08/04/2015 01:52 em Geral

As receitas da indústria de semicondutores cresceram 7,9% no ano passado, para 340 331 milhões de dólares (314 292 milhões de euros), estima a consultora e analista de mercados Gartner.

Os 25 maiores fabricantes de semicondutores, que representaram 72,4% do mercado em 2014 (69,9% em 2013) tiveram um aumento médio de volume de negócios de 11,7%.

A facturação do mercado de memórias DRAM registou um aumento de 32% no ano passado, para 46,1 mil milhões de dólares (42,6 mil milhões de euros) e o mercado total de memórias cresceu 16,6%, o que significa que o crescimento das vendas do resto do mercado de semicondutores não foi além de 4,9%, indica a Gartner.

A Intel continuou a liderar a indústria de semicondutores em 2014, pelo 23.º ano consecutivo, com uma facturação de 52 331 milhões de dólares (48 351 milhões de euros), um aumento de 7,7%, seguida da Samsung Electronics com 34 742 milhões de dólares (32 090 milhões de euros), uma subida de 13,4%, acrescenta.

Os dados da consultora revelam que, com facturação acima dos 10 mil milhões de dólares, se seguem cinco empresas: Qualcomm, com 19 291 milhões de dólares (17 817 milhões de euros), um aumento de 12,1%, a Micron com 16 276 milhões de dólares (15 034 milhões de euros), um acréscimo de 36,6%, o maior aumento entre o top 10 do sector, a SKHinix com vendas de 15 997 milhões de dólares (14 773 milhões de euros), um aumento de 26,7%, a Texas Instruments com 11 538 milhões de dólares (10 655 milhões de euros), a crescer 8,9%, e a Toshiba com receitas de 10 665 milhões de dólares (9 849 milhões de euros, a recuar 5,4%.

Do oitavo ao décimo lugar, com receitas entre os 7,2 mil milhões e os 8,5 mil milhões de dólares, surgem a Broadcom, a ST Microelectronics e a Renesas Electronics.

A Gartner salienta que 2014 foi um ano com uma significativa concentração na indústria, embora alguns negócios anunciados só tenham finalização prevista para 2015.

Aquela analista adianta que a aquisição da LSI pela Avago Technologies criou uma empresa que figura agora entre os 25 maiores fabricantes de semicondutores.

Descontado o efeito das fusões e aquisições, a facturação das 25 maiores companhias cresceu 9,1% no ano passado, precisa a Gartner.

Ainda sem comentários