Consumidores esperam melhoria bem estar com «wearables»

Consumidores esperam melhoria bem estar com «wearables»Publicado em 19/03/2015 01:17 em Geral

Um estudo da Ericsson indica que os utilizadores de smartphones acreditam que medir e controlar os níveis de stress pode aumentar a esperança de vida em dois anos.

O estudo da multinacional sueca fabricante de equipamentos e soluções de redes de telecomunicações revela que quase um quarto (24,6%) dos inquiridos em Portugal dizem ter interesse em monitorizar e medir a informação pessoal, funções que os «wearables» possibilitam.

A Ericsson afirma que 55% dos consumidores consideram o design importante e 59% adquirem tecnologia para satisfazerem necessidades específicas.

O relatório, que reúne dados apurados em inquéritos realizados em 49 países, analisa o nível de satisfação dos consumidores com o seu bem-estar geral e estabelece uma correlação entre aquele nível de satisfação e o uso da Internet para fins de saúde e fitness.

A multinacional conclui que as pessoas satisfeitas com o seu nível de bem-estar são aquelas que mais rapidamente adoptam tecnologias que promovam esse bem-estar.

O inquérito mostra que 71% dos consumidores interessados em medir o desempenho pessoal estão também interessados em «wearables».

E que as pessoas acreditam cada vez mais que o acesso a diversos serviços na nuvem lhes oferece a possibilidade de terem uma vida mais saudável e mais longa

Ainda sem comentários