Um terço cartões embarque aviões em dispositivos móveis em 2019

Publicado em 14/03/2015 23:42 em Outras Tecnologias

Em 2019, mais de 1,5 mil milhões de cartões de embarque para os aviões estarão disponíveis em dispositivos móveis, cerca de um terço do total de cartões de embarque, prevê a analista de mercados Juniper Research.

O relatório da Juniper indica que no ano em curso os cartões de embarque em tablets e smartphones atingirão os 745 milhões, o que significa que esse número mais do que duplicará nos próximos quatro anos.

Acrescenta que os cartões de embarque móveis são cada vez mais utilizados pelos passageiros frequentes, mas são menos usados por passageiros ocasionais, menos familiarizados com a tecnologia.

Segundo a especialista em tecnologias da informação aeronáuticas SITA, mais de metade (53%) das companhias aéreas já implementaram os cartões de embarque móveis via aplicações, e essa percentagem deve aumentar até aos 91% em 2017.

O estudo da Juniper assinala que a indústria está a testemunhar a rápida adopção dos cartões de embarque via apps nos Estados Unidos, no Extremo Oriente e na Europa e algumas companhias aéreas que primeiro adoptaram essa tecnologia estão a registar crescimentos anuais a dois dígitos nos cartões de embarque móveis

A Juniper salienta, no entanto, que o êxito dos cartões de embarque com código de barras está a fazer adiar a utilização da tecnologia NFC – Near Field Communications nesses cartões.

A analista considera que a opção a prazo das companhias aéreas será pela adopção da tecnologia NFC, prevê que os cartões de embarque em papel tendam a acabar e antevê que no futuro os tablets e telemóveis conterão não só os cartões de embarque mas também os tickets de bagagem e a informação de identidade, que ficará acessível através de leitores NFC.

Esta transição será atrasada pelo êxito do código de barras, mas a Juniper considera que os aeroportos e companhias aéreas devem investir na adopção do NFC.

A analista acrescenta que os transportes urbanos são o sector com um maior volume de transacção de bilhetes e prevê que a bilhética móvel se imponha nesse sector e que a tecnologia NFC ganhe impulso a médio prazo nos autocarros e metro em mercados críticos como a Europa e a Ásia, à medida que a infra-estrutura for sendo actualizada.

Ainda sem comentários