Subscritores de televisão paga aproximam-se de 925 milhões

Publicado em 02/03/2015 01:59 em Operadores / Serviços

O número de subscritores de serviços de televisão paga deverá ter crescido 5% em 2014 e atingido 924,4 milhões em todo o mundo, segundo estimativas da ABI Research.

O maior crescimento dos serviços de televisão paga registou-se no IPTV (televisão sobre protocolo Internet), com um acréscimo de 14%, seguindo-se os serviços por satélite, com um aumento de 7%, enquanto as plataformas de cabo deverão abrandar para um crescimento de 3%, revela Jake Saunders, vice-presidente da consultora.

O crescimento da plataforma de cabo é liderada pelas regiões da Ásia/Pacífico e América Latina, que em conjunto aumentaram em 13 milhões o número de subscritores de cabo, enquanto na América do Norte o mercado de televisão por cabo deverá cair 1%, precisa a ABI.

Os serviços de vídeo streaming como o Netflix e o TiVo, com custos inferiores a 10 dólares por mês, são uma alternativa atractiva e os operadores de serviços de televisão por subscrição tentam agora competir com esse tipo de serviços criando ofertas próprias de produtos de vídeo streaming ou integrando aqueles serviços de streaming nos serviços que vendem.

O Netflix fez acordos com operadores europeus de televisão por subscrição que vão integrar a oferta do Netflix nos seus serviços, tal como acontece com três operadores canadianos de televisão paga.

A ABI Research prevê que em 2019 cerca de 57% dos subscritores tenham serviços de televisão paga em HD (alta definição) e que nesse ano as receitas do mercado mundial de televisão por subscrição ascendam a 324 mil milhões de dólares (290 mil milhões de euros).

Ainda sem comentários