Netbooks começam a despertar interesse das empresas

Publicado em 30/03/2010 12:58 em Empresas

Actualmente apenas 13% das companhias norte-americanas implementaram ou planeiam implementar a utilização de netbooks nas suas organizações, mas 39% dos decisores na área das tecnologias da informação (TI) admitem interesse nessa opção, embora sem planos para os utilizar, indica um relatório da Forrester Consulting.



Quase metade (45%) dos decisores da área das TI entrevistados não manifestaram qualquer interesse nos netbooks.



Os netbooks são pequenos computadores portáteis de baixo custo, concebidos especificamente para acesso à Internet e aplicações Web, com ecrãs pequenos, sistemas operativos simples, com uma memória RAM que normalmente não excede 1 gigabite (Gb) e geralmente equipados com processadores Intel Atom.



O relatório afirma que o preço atractivo dos netbooks está a levar companhias a considerar a possibilidade da sua adopção, apesar de algumas preocupações quanto à sua performance e qualidade.



O estudo da Forrester revela que, para os decisores de TI, os aspectos mais importantes na escolha de computadores para os trabalhadores das empresas dos Estados Unidos são a performance (para 96%), a produtividade do utilizador final (96%), a segurança (96%), o preço (91%) e a qualidade (88%).



A apreciação que os responsáveis empresariais de TI dos Estados Unidos fazem dos notebooks (portáteis) e dos netbooks revela que os portáteis são considerados pela grande maioria como sendo capazes de satisfazer os requisitos da empresa em matéria de performance (90%), produtividade dos utilizadores (88%), qualidade (84%), segurança (77%).



Menos de metade admitem que os netbooks podem satisfazer as necessidades da empresa nos principais itens e apenas no preço a apreciação dos netbooks compete com a dos notebooks.

Ainda sem comentários