Oracle Portugal facturou 70 milhões euros no ano fiscal 2010

Publicado em 29/09/2010 00:58 em Empresas

A Oracle Portugal facturou 70 milhões de euros no ano fiscal de 2010, concluído a 31 de Maio, e tem como meta atingir os 100 milhões de euros no exercício começado a 1 de Junho, beneficiando da integração da Sun Microsystems Portugal a partir de 1 de Julho passado, indicou o director-geral João Taron.

Num evento que terça-feira à noite marcou 20 anos de presença directa da Oracle em Portugal e em que foram distinguidos parceiros da multinacional em Portugal, João Taron salientou que a aquisição da Sun Microsystems há um ano atrás e que ficou concluída em Janeiro de 2010 gerou uma mudança de paradigma.

O director-geral da Oracle Portugal assinalou que a multinacional adquiriu seis dezenas de empresas de software, um segmento muito fragmentado, mas a aquisição da Sun não teve nada a ver com as anteriores, em primeiro lugar pela dimensão e massa crítica da Sun mas também porque trouxe um negócio, de hardware, onde a Oracle não estava presente.

Além disso, com aquela aquisição a Oracle está a mudar a sua estrutura e o seu modelo de organização e a aquisição da Sun é o pilar do plano estratégico da multinacional para os próximos cinco anos, salientou.

João Taron revelou que a Oracle pretende duplicar o negócio de hardware em cinco anos, incluindo o crescimento por aquisições.

O responsável máximo da Oracle em Portugal salientou que o negócio prioritário da companhia é o produto e que a estratégia da Oracle não passa por se centrar no projecto e em serviços, uma área em que conta com as empresas parceiras.

A estratégia da Oracle passa hoje por fornecer soluções integradas de hardware, sistema operativo e software, quebrando a barreira entre as diversas áreas dos sistemas de informação, acrescentou

«Não há hardware, não há software, há sistemas de informação» integrados, observou João Taron.

Ainda sem comentários