IBM Research anuncia nova tecnologia de segurança na nuvem

Publicado em 08/02/2015 00:13 em Segurança Informática

A IBM anunciou o desenvolvimento pela sua unidade de investigação IBM Research da nova tecnologia Identity Mixer para ajudar os consumidores a protegerem melhor os seus dados pessoais na nuvem.

Em comunicado, a multinacional norte-americana adianta que o Identity Mixer utiliza algoritmos criptográficos e técnicas inovadoras para cifrar os dados de um utilizador, desde o nome, morada e outros elementos de identificação até ao número do cartão de crédito.

Christina Peters, responsável pela área de segurança pessoal da IBM, citada no comunicado, afirma que a nova tecnologia dá aos utilizadores a possibilidade de escolherem os dados que querem partilhar e com quem, o que permite aos prestadores de serviços na nuvem aumentarem a confiança dos clientes em ambiente cloud.

Os internautas, segundo a consultora comScore, passam em média 25 horas mensais na Internet a aceder a serviços diferentes, como banca Internet, redes sociais ou compras online.

A IBM salienta que em cada um desses serviços o consumidor tem de criar um perfil com dados de identificação, ID e palavra passe e, nalguns casos, com certificado digital, fornecendo muitas vezes mais dados do que os necessários para se inscrever em serviços online.

O Identity Mixer tem a capacidade de, por exemplo, certificar que um utilizador tem mais de 12 anos sem revelar a data de nascimento, em que região habita sem indicar a morada ou garantir que o cartão de crédito está válido e tem capacidade para pagar uma conta online, sem indicar o número real do cartão ou a data de validade.

A IBM precisa que a nova tecnologia estará disponível na sua plataforma como um serviço (PaaS) BlueMix e que a partir da próxima Primavera os subscritores do BlueMix poderão experimentar o Identity Mixer nas suas próprias aplicações e serviços Web, o que permitirá que os consumidores tenham o controlo da informação que revelam a cada entidade, divulgando o mínimo de dados indispensável.

Ainda sem comentários