FCT só considera banda larga a partir 25 Mbps de download

Publicado em 01/02/2015 22:51 em Geral

A FCT – Federal Communications Comission decidiu considerar como mínimos de velocidade de comunicações para as classificar como banda larga os 25 megabits por segundo (Mbps) de download e 3 Mbps de upload.

Numa nota à imprensa, a entidade reguladora das telecomunicações nos Estados Unidos afirma que a implementação da banda larga, particularmente nas áreas rurais, está a falhar em manter-se a par com as ofertas de hoje de serviços avançados de voz de alta qualidade, dados, gráficos e vídeos.

No relatório sobre o progresso da banda larga nos Estados Unidos, a FCT indica que actualizou o seu «benchmark» de velocidades de banda larga para 25 Mbps/ 1 Mbps para os downloads/ uploads, sublinhando que o standard de 4Mbps/ 1 Mbps definido em 2010 é um valor datado e inadequado para definir a banda larga.

Destaca que 55 milhões de norte-americanos, 17% da população, não têm acesso ao novo standard de largura de banda, sendo que mais de metade (53%) dos cidadãos das zonas rurais não têm acesso potencial àquelas velocidades de transmissão e 20% nem sequer aos 4 Mbps/ 1 Mbps.

Acrescenta que mais de dois terços (35%) das escolas dos Estados Unidos não têm acesso a redes de fibra óptica capazes de fornecer largura de banda que suporte as actuais ferramentas de aprendizagem digital.

A FCT adianta que nos casos em que as velocidades de 25 Mbps/ 3 Mbps estão comercialmente disponíveis, apenas 28% nas áreas rurais e 30% nas áreas urbanas usufruem dessa possibilidade.

Ainda sem comentários