Oracle Open World 2014 define estratégia baseada na núvem

Publicado em 10/10/2014 00:43 em Empresas

No Oracle Open World de 2014, que decorreu de 28 de Setembro a 2 de Outubro em San Francisco (Estados Unidos), houve um «reforço avassalador» de anúncios de estratégia e de novos produtos baseados na nuvem, indicou o diector-geral da Oracle Portugal, Hugo Abreu.

Em encontro quinta-feira com jornalistas, Hugo Abreu salientou que Open World é o evento anual em que a Oracle anuncia a sua estratégia de médio e longo prazo e o lançamento de novos produtos e soluções e é também uma oportunidade para um contacto mais próximo com parceiros e clientes.

O responsável da Oracle em Portugal assinalou que quando a multinacional apostou em aquisições para apresentar uma oferta integrada tinha como objectivo simplificar a forma como os seus clientes utilizam as tecnologias de informação (TI) e permitir-lhes fazer mais com menores custos, para libertar meios para investirem noutras áreas importantes do negócio.

Observou que a nuvem é uma ferramenta na estratégia que a Oracle tem vindo a definir nos últimos anos e o último Open World teve o maior número de anúncios de sempre na área da «cloud» (nuvem).

Fernando Dias, director da Oracle Portugal, afirmou que a Oracle pretende ajudar os clientes a integrarem os seus meios tecnológicos, de diferentes fabricantes, numa plataforma digital única.

Hugo Abreu e Fernando Dias sublinharam que muitos equipamentos e aplicações existentes nas empresas clientes têm vários anos e têm de ser aproveitados numa plataforma integrada que lhes permita continuar a utilizar os equipamentos e tecnologias que já tinham.

Manuel Gonçalves assinalou que a Oracle distinguiu a PT Inovação e Sistemas (PT InS) com o prémio de parceiro de excelência do ano na região EMEA – Europa, Médio Oriente e África de 2014, pela solução Telco-in-a-Box, com tecnologia Oracle, que permite pôr um operador de telecomunicações pronto a funcionar num espaço temporal de seis meses a um ano.

Destacou que esta solução, que tem vindo a ser adoptada por operadores de todos os continentes, abrange a gestão de relações com clientes, gestão de receitas e facturação específica para o sector de telecomunicações, permitindo o lançamento rápido de novos serviços e produtos minimizando os riscos.

Manuel Gonçalves indicou que o parceiro português WeDo (grupo Sonae), líder mundial em software de «revenue assurance» (gestão de riscos de receitas), foi convidada a falar sobre o seu software RAID no Open World deste ano.

Precisou que a Oracle Portugal tem actualmente centena e meia de parceiros no país e que 15 destes estiveram presentes no evento de 2014, aproximadamente o dobro das presenças registadas no Open World 2013.

Ainda sem comentários