Microsoft lançou hoje «technical preview» do Windows 10

Publicado em 02/10/2014 00:29 em Destaques

A Microsoft revelou o seu próximo sistema operativo Windows 10 e lançou hoje a versão «technical preview» daquele software, que diz apresentar uma experiência melhorada de utilizador.

Em comunicado, a Microsoft salienta que o Windows 10 evidencia melhorias para as empresas, nomeadamente com segurança avançada de nível empresarial e capacidades de gestão.

A Microsoft lançou, ainda, o Windows Insider Program (WIP), que afirma constituir «o maior esforço de sempre de desenvolvimento em colaboração aberta, com o objectivo de mudar a forma como o Windows é desenvolvido e disponibilizado para melhor satisfazer as necessidades dos clientes».

Os inscritos no WIP recebem a «technical preview» do Windows 10 e um conjunto de actualizações ao longo do ciclo de desenvolvimento do novo sistema operativo, para utilizarem e fazerem comentários.

A Microsoft adverte que os participantes podem sofrer «crashes», vulnerabilidades de segurança, perda de dados ou ter o equipamento danificado e indica que vai receber automaticamente detalhes da experiencia do utilizador para melhorar os produtos e serviços.

A multinacional antecipa que este será o seu sistema operativo mais abrangente e o melhor lançamento de sempre para os clientes empresariais, indicando que o Windows 10 funcionará na maior gama de dispositivos de sempre, desde computadores a tablets, consolas Xbox e telefones, até pequenos «gadgets».

Anuncia que vai lançar uma plataforma de aplicações convergente para programadores em todos os dispositivos abrangidos, com uma loja de aplicações unificada.

A Microsoft indica que a «technical preview» do Windows 10 traz de volta o menu «start» (iniciar, na versão portuguesa), que dá acesso rápido com um só clique às funções e ficheiros mais utilizados e pode ser personalizado, inclui novas formas de execução das aplicações da loja Windows, torna mais fácil e intuitivo trabalhar com várias aplicações em simultâneo, apresenta um botão «vista de tarefas» que mostra todas as aplicações e ficheiros abertos e admite vários ambientes trabalhos, com facilidade de alternar entre eles.

A companhia garante que o Windows 10 representa um primeiro passo para uma completa nova geração de Windows que proporcionará novas experiências aos utilizadores, novas formas de trabalhar, jogar ou estar ligado em rede, segundo Terry Myerson, vice-presidente executivo para a área dos sistemas operativos, citado no comunicado.

Ainda sem comentários