IDC revê em baixa previsões aumento vendas tablets

IDC revê em baixa previsões aumento vendas tabletsPublicado em 01/09/2014 23:53 em Equipamentos

A consultora e analista de mercados IDC reviu em baixa as suas previsões de crescimento das vendas de tablets em 2014, para 6,5%, pouco mais de metade dos 12,1% de aumento anteriormente previstos.

A IDC indica que deverá haver este ano uma estabilização das vendas de tablets na América do Norte e Europa Ocidental, que se segue a um acréscimo de 25% registado em 2013 naquelas zonas.

No resto do mundo, onde no ano passado se registou um crescimento de vendas de 88%, a IDC prevê para 2014 um claro abrandamento, para apenas 12%-

Para 2018, aquela analista de mercados admite um aumento de 4% nos mercados maduros e de 5% no resto do mundo.

A IDC assinala que a pressão dos preços dos tablets com ecrãs mais pequenos dinamizará as vendas daqueles dispositivos.

Adianta que nos mercados maduros o preço médio deverá manter-se em 373 dólares (284 euros) devido à mudança para ecrãs maiores e maior procura de tablets com ligação às redes móveis, enquanto no resto do mundo o preço deverá cair 10%, para 302 dólares (230 euros).

Jitesh Ubrani, analista sénior, destaca que nos próximos anos o número de tablets, principalmente com ecrãs menores, vendidos no resto do mundo deverá ultrapassar as vendas verificadas na América do Norte e Europa Ocidental, mas em termos de receita as duas regiões deverão ser mais significativas, com as vendas a incidirem em dispositivos com ecrãs de média ou grande dimensão.

Ainda sem comentários