Receitas e lucros da Cisco caíram no ano fiscal, multinacional anuncia 6 mil despedimentos

Publicado em 19/08/2014 01:05 em Geral

O volume de negócios da multinacional Cisco, líder em soluções e equipamentos para redes Internet, caiu 3% no ano fiscal de 2014 (terminado a 26 de Julho), para 47,1 mil milhões de dólares (35,3 mil milhões de euros), anunciou a companhia.

Em comunicado de resultados, a Cisco revela que os seus lucros caíram 21,3%, para 7,85 mil milhões de dólares (5,9 mil milhões de euros).

A empresa indica que durante o ano fiscal distribuiu dividendos de 3,8 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros) e comprou cerca de 420 milhões de acções próprias, com um custo de cerca de 9,5 mil milhões de dólares (7,1 mil milhões de euros).

Apesar de manter lucros elevados e de prever que o tráfego Internet triplique nos próximos cinco anos, a Cisco anunciou uma nova redução de pessoal, através de 6 mil despedimentos, cerca de 8% do emprego.

A multinacional anunciou em 2011 o corte de 11 mil empregos e em Agosto de 2013 o despedimento de 4 mil trabalhadores.

O presidente e CEO da companhia, John Chambers, justificou os novos despedimentos com desafios em mercados emergentes, designadamente na China, onde as encomendas caíram 23%, e no Brasil, com queda de13%.

A Cisco enfrenta uma concorrência crescente de empresas como a gigante chinesa Huawei.

A Cisco emprega mais de 74 mil trabalhadores, quase dois quintos dos quais engenheiros, em mais de 160 países onde está presente.

Ainda sem comentários