Microsoft procede judicialmente contra Samsung

Publicado em 11/08/2014 01:32 em Geral

A Microsoft anunciou um procedimento judicial contra a Samsung por a companhia sul-coreana ter deixado de pagar por um acesso IP essencial para o funcionamento do sistema operativo Android, diz a newsletter Telecoms.com.

A Microsoft indica que a aquisição da área de dispositivos móveis da Nokia é a causa invocada para a quebra do contrato.

As duas companhias assinaram um contrato legalmente obrigatório em que a Microsoft licencia o IP Android à Samsung.

David Howard, vice-presidente da Microsoft, sublinha que, desde que foi subscrito o acordo, as vendas de smartphones da Samsung quadruplicaram e é agora líder do mercado mundial de smartphones, observando que a companhia coreana produzia 82 milhões de smartphones Android em 2011 e hoje deverá produzir 314 milhões.

Acrescenta que no fim de 2013, depois do acordo da Microsoft para comprar a divisão de telemóveis da Nokia, a Samsung deixou de cumprir o acordo, utilizando essa aquisição como pretexto para deixar de cumprir o contrato.

«Curiosamente, a Samsung não pediu ao Tribunal para decidir se a aquisição da Nokia invalidava o contrato com a Microsoft, provavelmente porque sabia que a sua posição não era justificada», observa Howard, que se manifesta confiante em que o tribunal obrigará a Samsung a cumprir o contrato.

Ainda sem comentários