Receitas da Oi cresceram ligeiramente no primeiro semestre

Publicado em 07/08/2014 01:34 em Operadores / Serviços

O operador brasileiro de telecomunicações Oi anunciou que as suas receitas cresceram 1,1% no primeiro semestre, para 18 097 milhões de reais (5 948 milhões de euros).

Em comunicado de resultados publicado no sítio Internet da BM&FBOVESPA, a OI indica que as receitas no Brasil caíram 2,1%, para 13 811 milhões de reais (4 539 milhões de euros), mas esta evolução negativa foi compensada pelo crescimento de 14,0% da facturação da participada da Oi em Portugal (PT), que atingiu 3 808 milhões de reais (1 252 milhões de euros).

Os lucros do operador brasileiro baixaram 95,2%, para 7 milhões de reais (2,3 milhões de euros).

No comunicado, a Oi revela que na área dos serviços móveis oferece tecnologia 3G em 937 municípios e pacotes de dados com tecnologia 4G/LTE em 45 municípios, incluindo as 12 cidades onde houve jogos da Copa do Mundo da FIFA.

Nas «informações complementares» que encerram o comunicado, a Oi destaca que não foi informada nem participou das decisões que levaram à aplicação [pela PT] de 897 milhões de euros em papel comercial da Rioforte (grupo Espírito Santo) e reproduz os MoU – Memorandos de Entendimento com a PT SGPS decorrentes dessa situação.

Ainda sem comentários