Receitas da Novabase caíram 5,3% no primeiro trimestre

Publicado em 09/05/2014 00:50 em Geral

A tecnológica portuguesa Novabase anunciou quinta-feira que as suas receitas caíram 5,3% no primeiro trimestre de 2014, para 51,6 milhões de euros, devido à contracção do negócio em Portugal na componente de produto.

Numa base comparável, excluindo o efeito da alienação de activos não estratégicos da área de Digital TV/SIP, o negócio internacional cresceu 44,0% e atingiu 18,0 milhões de euros, representando 34,9% da facturação total.

Em comunicado de resultados, a Novabase revela que os lucros da companhia baixaram 19,9% nos três primeiros de 2014 comparados com os de há um ano atrás, devido ao impacto dos custos associados à aceleração da estratégia de internacionalização.

A prestação de serviços representou cerca de dois terços (66,2%) do volume de negócios do primeiro trimestre.

O número médio de trabalhadores da Novabase no primeiro trimestre de 2014 aumentou 4,5% homólogos, para 2 283, com acréscimo de 13,4% na equipa internacional.

Luís Paulo Salvado, CEO da Novabase, citado no comunicado, destaca que os resultados do primeiro trimestre estão alinhados com as prioridades estratégicas definidas, indicando que há «progressos claros» ao nível da aposta nos serviços e no desenvolvimento de ofertas de maior valor acrescentado.

Ainda sem comentários