Lucros da Ericsson crescem mas vendas baixam

Publicado em 24/04/2014 00:59 em Indústria

Os lucros da Ericsson cresceram 41% no primeiro trimestre de 2014, para 1,7 mil milhões de coroas suecas (187 milhões de euros), mas as vendas do fabricante de telecomunicações sueco caíram 9%, para 47,5 mil milhões de coroas suecas (5,2 mil milhões de euros), revelou a companhia.

Ajustadas pela taxa de câmbio as vendas baixaram 7%, registando-se as maiores quedas nos Estados Unidos e Japão, parcialmente compensadas pelos mercados da China, Médio Oriente e América Latina, adianta a Ericsson.

Em comunicado de resultados, o fabricante de equipamentos de rede e soluções de telecomunicações revela que os seus resultados operacionais subiram 25%, para 2,5 mil milhões de coroas suecas (275 milhões de euros).

Hans Vestberg, presidente e CEO da Ericsson, citado no comunicado, assinala que os principais factores de queda das vendas foram receitas mais baixas de dois grandes projectos de banda larga móvel na América do Norte e o impacto de um reduzido nível de actividade no Japão.

Na Europa, o presidente e CEO da Ericsson destaca a assinatura de um com trato a cinco anos com o operador multinacional britânico Vodafone.

Vestberg sublinha que o foco da multinacional sueca na rentabilidade está a dar frutos e todos os segmentos de actividade tiveram melhorias de margens operacionais.

Ainda sem comentários