Gmail passa a usar apenas https e 100% de encriptação

Publicado em 31/03/2014 23:54 em Internet

A empresa de segurança informática Sophos relaciona com o escândalo de espionagem de comunicações da NSA – National Security Agency dos Estados Unidos a decisão do Google de passar o Gmail para uma ligação https e encriptar todas as mensagens de correio electrónico nos seus servidores.

Em comunicado publicado no seu blogue oficial, o Google indica que o Gmail suporta ligações https desde o início e em 2010 estendeu o uso de https por defeito.

O responsável pela área de engenharia do Gmail, Nicolas Lidzborsky, adianta que a mudança agora operada significa que as mensagens não poderão ser interceptadas entre os utilizadores e os servidores do Gmail mesmo que se esteja a ligar a partir de uma rede Wi-Fi pública e quer se utilize um PC, um tablet ou um smartphone.

Acrescenta que todas as mensagens estarão também encriptadas enquanto se movem nos servidores do Google, o que significa que as mensagens estão seguras enquanto são enviadas para os servidores do Gmail e recebidas deles mas também dentro dos centros de dados do Google.

Nicolas Lidzborsky observa que tão importante como a segurança é a disponibilidade do serviço 24 horas por dia 7 dias por semana, e o Gmail está disponível 99,978% do tempo, o que significa uma indisponibilidade de um máximo de duas horas por ano.

O responsável pela área de engenharia e segurança do Gmail garante que o Google está empenhado em que a segurança e fiabilidade das mensagens electrónicas sejam absolutas e está constantemente a trabalhar para a melhorar.

Alguns fornecedores de correio electrónico europeus com servidores na Europa e que dão garantias de o seu correio electrónico não poderá ser acedido a pedido de Estados ou tribunais estrangeiros têm estado a ver aumentar significativamente a adesão aos seus serviços.

Ainda sem comentários