AG da PT aceita participação no aumento capital da Oi

Publicado em 28/03/2014 23:49 em Operadores / Serviços

A Assembleia Geral de Accionistas da Portugal Telecom (PT) decidiu aceitar a participação da PT no aumento de capital da Oi, o grupo operador de telecomunicações brasileiro que deverá vir a fundir-se com a PT.

Em comunicado publicado quinta-feira no sítio Internet da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a PT indica que a sua participação no aumento de capital da Oi, por contribuição com activos no valor de 5 709,9 milhões de reais (equivalente a 1 750 milhões de euros), foi aprovado por uma maioria de 99,87% dos votos.

Estavam presentes accionistas que representavam 60,09% do capital social com direito a voto.

Igualmente no sítio da CMVM, a Portugal Telecom informou hoje de um facto relevante divulgado no Brasil pela Oi, que dá conta da decisão do regulador do mercado brasileiro de valores mobiliários (CVM) de suspender, pelo prazo de até 30 dias, a oferta pública de distribuição de acções ordinárias e preferenciais da Oi, cujo pedido está em análise pela CVM.

A CVM precisa que esta decisão se deveu à publicação de «matérias jornalísticas» nos sítios Internet da Exme.com, do R7 Notícias e do Estadão.com.br.

A imprensa brasileira indica que as notícias se basearam em declarações do português Zeinal Bava, antigo CEO do grupo PT e actual presidente executivo da Oi.

A Oi indica que apresentará esclarecimentos à CVM com a maior brevidade possível e que procurará sanar qualquer eventual irregularidade para «retomar o curso da oferta».

Ainda sem comentários