Lucros da Glintt cresceram em 2013, facturação baixou

Publicado em 28/03/2014 23:27 em Geral

A tecnológica portuguesa Glintt, ligada ao grupo Associação Nacional de Farmácias (ANF), anunciou que os seus lucros cresceram 5,4% em 2013, para mais de 1,31 milhões de euros.

Em comunicado de resultados, a Glintt indica que o seu volume de negócios baixou 5,6%, para 86,0 milhões de euros, e os resultados operacionais subiram 4,1%, para 5,95 milhões de euros.

A companhia indica que o decréscimo de receitas resultou da queda de facturação no mercado português e sublinha que o enfoque estratégico no mercado internacional tem permitido atenuar o desempenho mais fraco no mercado doméstico.

Precisa que o peso das receitas da actividade internacional no negócio total passou de 15% em 2011, para 21% em 2012 e atingiu 26% no ano passado.

Para 2014, a Glintt espera alguma sustentação dos seus negócios no mercado português, em particular na prestação de serviços, que permite uma maior diferenciação da companhia, e a manutenção da aposta na actividade internacional.

A tecnológica prevê reforçar as suas apostas no negócio de consultoria e de saúde em Angola, o reforço da actividade operacional nos escritórios de Espanha, Polónia e Brasil, particularmente na área hospitalar, a expansão para países do centro da Europa como Bélgica, França, Alemanha, Suíça e Reino Unido, em especial na área da consultoria, e a consolidação da internacionalização na área de soluções para farmácias.

Ainda sem comentários