Receitas Adobe estáveis no primeiro trimestre, lucros a cair

Publicado em 21/03/2014 15:30 em Geral

O volume de negócios da Adobe estabilizou no primeiro trimestre do ano fiscal de 2014 (terminado a 28 de Fevereiro), em 1 000,12 milhões de dólares (7254,5 milhões de euros), uma quebra homóloga marginal de 0,77%, revelou a multinacional de software.

Em comunicado de resultados, a Adobe indica que os lucros baixaram 27,8% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior) no primeiro trimestre do exercício em curso, para 47 milhões de dólares (34,1 milhões de euros).

Os resultados operacionais baixaram 19,8%, para 78,7 milhões de dólares (57,1 milhões de euros).

As receitas de subscrições de software da Adobe quase duplicaram, crescendo 88,9%, para 423,6 milhões de dólares (307,1 milhões de euros).

Shantanu Narayen, presidente e CEO da Adobe, citado no comunicado, afirma que o primeiro trimestre fiscal ficou marcado pela forte adopção do «Creative Cloud» e do «Adobe Marketing Cloud» e sublinha que a companhia pretende diferenciar-se pela maior integração do seu negócio na nuvem.

Ainda sem comentários