Reino Unido vai ensinar segurança informática a crianças

Publicado em 17/03/2014 02:06 em Internet

O Reino Unido vai ensinar segurança informática na Internet a crianças a partir dos 11 anos, revelou a empresa de segurança Sophos, citando um relatório governamental britânico.

O governo da Grã-Bretanha pretende formar professores na área da cibersegurança para transmitir conhecimentos nessa área aos seus alunos e incentivar as universidades a aumentar a formação naquela área, nomeadamente para corresponder às necessidades do mercado de trabalho.

Há cerca de um ano o National Audit Office do Reino Unido produziu um relatório em que criticava a penúria de competências em cibersegurança devido às dificuldades na passagem à prática da estratégia de cibersegurança do governo britânico.

Acrescentava que o ensino daquelas matérias nas escolas e universidades evoluiu a um ritmo «pateticamente lento».

Aquele departamento oficial salientava que o desenvolvimento do país na área das tecnologias da informação (TI) se deve apenas a um punhado de pessoas altamente qualificadas nessa área e a saída de licenciados em TI está em queda para um nível que poderá demorar 20 anos a ultrapassar o diferencial de qualificações em todos os níveis de ensino, segundo a Sophos.

Os responsáveis oficiais britânicos consideram os países que sabem gerir os riscos de segurança informática têm claras vantagens competitivas e assinalam que garantir o ensino destas matérias em todas as idades ajudará o Reino Unido a adquirir as competências profissionais e técnicas necessárias para o crescimento económico a longo prazo.

Os britânicos vão também lançar um programa massivo de formação em cibersegurança através da Internet.

Ainda sem comentários