FTTH Council distingue Vodafone e «pai» comunicações ópticas

Publicado em 24/02/2014 23:59 em Operadores / Serviços

O FTTH Council anunciou que distinguiu na sua Conferência europeia 2014, em Estocolmo, a Vodafone e Sir Charles Kao (considerado o pai das comunicações em fibra óptica), pelas respectivas contribuíções para a adopção do FTTH (fibra ótica atécasa) na Europa.

Em comunicado, aquela organização que visa dinamizar a adopção da fibra óptica nas comunicações fixas, premiou a Vodafone pelo amplo programa de investimentos que tem levado a cabo para implementar e desenvolver o FTTH em Portugal, Espanha e Itália.

Adianta que a Vodafone já tem em Portugal 750 mil casas passadas com fibra e prevê atingir um milhão e meio em meados de 2015, em Espanha tem uma parceria com a Orange para cobrir 800 mil casas e escritórios até ao fim do ano em curso e chegar aos 3 milhões em Setembro de 2015 e 6 milhões em Setembro de 2017, num investimento de mil milhões de euros, e Em Itália deverá alcançarf as 600 mil casas passadas até 2016.

A distinção foi entregue ao CEO da Vodafone Portugal, Mário Vaz, que sublinhou que a multinacional britânica vai investir 3 mil milhões de euros em fibra óptica nos três países da Europa do Sul nos próximos dois anos.

O prémio individual foi atribuído ao Prémio Nobel da Física de 2009, Charles Kao, pelo seu contributo para a génese das comunicações em fibra óptica.O prémio Nobel foi-lhe entregue pelos «avanços no domínio da transmissão da luz em fibras ópticas para as comunicações.

O prémio foi entregue à mulher por aquele que é considerado o «pai» das comunicações em fibra óptica sofrer de doença de Alzheimer há alguns anos.

Em comunicado, a Vodafone Portugal afirma que a sua aposta na rede de fibra óptica fortaleceu o seu serviço de televisão por subscrição, cujo número de clientes «tem vindo a crescer consistentemente» e garante que «a qualidade [daquele serviço] tem vindo a ser reconhecida pelo mercado e por estudos independentes».

Ainda sem comentários