Lucros da PT cresceram em 2013 mas receitas baixaram

Publicado em 20/02/2014 00:42 em Operadores / Serviços

Os lucros da Portugal Telecom aumentaram 46,6% no ano passado, para 331,0 milhões de euros, mas as receitas baixaram 5,4%, não indo além de 2 911,2 milhões de euros, revelou o operador histórico de telecomunicações.

Em comunicado de resultados publicado no sítio da CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a PT indica que os resultados operacionais baixaram 15,3%, para 395,6 milhões de euros.

A companhia adianta que assumindo a consolidação proporcional da Oi e da Contax, a contribuição da operação internacional para as receitas totais foi de 56,5%.

As despesas de capital (CAPEX) baixaram 10,9%, para 589,0 milhões de euros, com uma queda de 11,8% do CAPEX do negócio de telecomunicações em Portugal, para 490 milhões de euros.

O crescimento dos lucros é parcialmente explicado pela redução do imposto sobre o rendimento (IRC), que baixou para menos de metade, de 125,6 milhões em 2012 para 62,0 milhões de euros no ano passado.

As receitas da PT em Portugal baixaram 5,2%, para 2 559,6 milhões de euros, com um aumento de 1,3% no segmento residencial (comunicações fixas e televisão por subscrição), descida de 4,8% no segmento pessoal (comunicações móveis) e recuo de 11,7% na área empresas.

Os acessos fixos de retalho subiram 2,1% em 2013, com aumento de 7,5% dos clientes de televisão por subscrição e de 5,6% na banda larga e o número de clientes de comunicações móveis cresceu 3,9%, para 7 896 milhões, adianta.

A receita média por cliente (ARPU) aumentou 0,3% no segmento residencial em 2013, para 31,7 euros, caiu 12,5% na área móvel, para 7,6 euros, e baixou 10,7% no segmento empresas, para 21,3 euros.

Ainda sem comentários