Dez milhões de programas maliciosos para Android

Publicado em 09/02/2014 23:49 em Segurança Informática

O número de programas maliciosos que visam a plataforma Android (do Google), atingiu os 10 milhões, anunciou a empresa de segurança informática russa Kaspersky.

Em comunicado, a Kaspersky assinala que aquele dado confirma o interesse crescente dos cibercriminosos no ataque aos dispositivos móveis, em particular os baseados no sistema operativo Android, que lidera o mercado de smartphones.

A Kaspersky afirma que no fim de Janeiro passado havia no Google Play (a loja online do Google) 1 103 104 aplicações e muitas mais em lojas não oficiais, observando que os piratas informáticos utilizam as lojas com software legítimo para Android para introduzirem códigos maliciosos e infectar os utilizadores que descarreguem essas aplicações.

A companhia russa precisa que a maioria desses programas têm como objectivo roubar informação financeira do utilizador.

Adianta que grande parte dessas aplicações maliciosas para Andoid foi desenvolvida na Rússia.

Ainda sem comentários