LG pretende quota de 15% nos smartphones em Portugal

Publicado em 31/01/2014 21:29 em Indústria

A LG tem como objectivo para 2014 atingir uma quota de 15% no mercado português de smartphones, crescendo 30%, disse ao Falar de Tecnologia Ruy Conde, vice-presidente da LG Portugal.

Aquele responsável da marca sul-coreana em Portugal assinalou que, segundo dados da GFK, a LG teve em 2013 uma quota acima dos 9,3% nos smartphones, praticamente duplicando a penetração conseguida em 2012.

Observou que a quota de 15% foi atingida nalguns períodos do ano passado.

Ruy Conde salientou que em 2013 a facturação da LG Electronics cresceu 14% em Portugal, mas na área dos dispositivos móveis (LG «Mobile Communications») verificou se um crescimento de 180% em unidades e de 230% em valor.

O vice-presidente da LG Portugal indicou que a aposta da marca nos smartphones vai continuar a centrar-se exclusivamente em Android.

Assinalou que a LG vai continuar a comercializar smartphones de todas as gamas, mas a aposta no desenvolvimento de tecnologias para telefones de gama alta vai repercutir-se na melhoria de funcionalidades em smartphones de gama mais baixa.

Ruy Conde exemplificou que a funcionalidade «knock on», que permite activar ou desactivar o telemóvel com dois toques no ecrã, vai ser alargada este ano a toda a gama de smartphones.

Quando aos tablets, Ruy Conde indicou que o primeiro, o LG G Pad, lançado em Novembro, teve «uma receptividade muito boa» e garantiu que em 2014 a marca vai alargar a sua oferta de tablets, com novos modelos.

Indicou que, pelo menos para o primeiro semestre de 2014, todos os tablets apresentados pela marca terão plataforma Android.

Ainda sem comentários