Cibernautas pagam em média 308 euros para recuperar computadores sequestrados

Publicado em 26/01/2014 21:39 em Segurança Informática

O custo médio do resgate para libertar um computador atacado por malware e cujos dados foram cifrados é de 308 euros, segundo um estudo da B2B Internacional e da Kaspersky.

O estudo revela que o custo médio de resgate é de 601 euros na China, 594 eurod na Rússia, 278 euros na Europa e 252 euros na América do Norte.

A Kaspersky sublinha que os ficheiros multimedia têm muito valor para os utilizadores e são visados pelo malware que impede o acesso dos legítimos donos ao conteúdo dos computadores.

Este tipo de malware, designado por «ramsonware», consiste em impedir o acesso do dono de um computador aos dados nele contidos e pedir seguidamente um resgate para libertarem o computador.

O que acontece com frequência é que o «malware» não permite a libertação do computador e o pagamento do resgate não conduz à recuperação do acesso aos dados.

A Kaspersky aconselha os utilizadores de computadores, tabletes e smartphones a, além de disporem de software de segurança, manterem uma cópia de segurança dos dados neles contidos.

Ainda sem comentários