Receitas da Adclick multiplicaram-se por 32 em cinco anos

Publicado em 01/01/2014 23:29 em Empresas

As receitas da empresa de média e entretenimento Adclick multiplicaram-se por mais de 32 vezes nos últimos cinco anos, o maior crescimento entre as tecnológicas portuguesas, revelou a consultora Deloitte.

Um estudo da Deloitte Touch Tohmatsu indica que a Adclick ficou em 44.º lugar entre as 500 empresas tecnológicas da região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) que mais cresceram nos últimos cinco anos, que em média multiplicaram a sua facturação por 15 vezes naquele período.

A companhia de software Go4Mobility é a tecnológica nacional com o segundo maior crescimento em Portugal e o 115.º da EMEA, com o volume de negócios a multiplicar-se por 14 vezes em cinco anos, seguindo-se a CJSuper Telecomunicações (121.º na EMEA), com a facturação a multiplicar-se por 13.

Em quarto lugar em Portugal (145.º na EMEA), com as receitas a multiplicarem-se por 10,8 vezes num quinquénio, aparece a Gatewit (software de plataformas electrónicas) e em quinto (222.º na EMEA) a Ubiwhere (222.º na EMEA), cuja facturação cresceu 7,2 vezes em cinco anos, segundo o ranking da Deloitte.

Entram, também no ranking das 500 empresas da região EMEA que mais cresceram no último quinquénio, a E-goi (sexto lugar em Portugal, 272.º na EMEA), seguindo-se a Edge Innovation (283.º na EMEA), a InnoWave Technologies (293.º na EMEA), a GLOBAZ (404.º na EMEA), a G9SA – Telecomunicações (406.º na EMEA), a CMAS (416.º na EMEA), a Profimetrics Software (427.º na EMEA) e a Byside – Made to Work (438.º na EMEA), indica o estudo da consultora.

A Deloitte revela que a empresa tecnológica da EMEA que mais cresceu foi a francesa de média e entretenimento Ymagis, cuja facturação se multiplicou 591 vezes em cinco anos, seguida pela israelita de Internet My Things, cuja facturação se tornou 233 vezes maior num quinquénio.

Em terceiro lugar surge a holandesa de software Adyen, com uma facturação quase 144 vezes superior à de cinco anos antes, seguindo-se a sueca de telecomunicações Beepsend, com as receitas a multiplicarem-se por 125, e a israelita de software Trusteer a aumentar 113,4 vezes no mesmo período, segundo o estudo da Deloitte.

Nas 10 primeiras, Israel coloca três empresas, a França e a Turquia duas e a Holanda, Suécia e Reino Unido completam o «top ten» com uma tecnológica cada.

A França tem 86 empresas colocadas nas 500 que mais crescem, incluindo a líder, repetindo a posição de número um pelo terceiro ano consecutivo, o Reino Unido 71, a Holanda 52, a Suécia 50, a Noruega 41, a Turquia 30, a Alemanha 28, a Finlândia 27, Israel 20 e a Polónia 17, de acordo com o estudo da consultora.

Portugal, com 13 companhias na lista das 500 tecnológicas da EMEA que mais cresceram no último quinquénio, não faz parte daquela lista dos 10 países líderes.

A Deloitte indica que o sector de software representou mais de dois quintos (43%) das tecnológicas da região EMEA com maior crescimento nos últimos cinco anos, seguindo-se o sector da Internet com 22%, o que significa que aqueles dois segmentos representam em conjunto quase dois terços das empresas consideradas.

Ainda sem comentários