Cientistas da IBM demonstram fenómeno quântico previsto por Einstein

Publicado em 19/12/2013 02:13 em Outras Tecnologias

A IBM anunciou que cientistas dos laboratórios IBM Research comprovaram pela primeira vez um fenómeno quântico previsto na década de vinte do século passado por Satyendranath Bose e Albert Einstein.

O complexo fenómeno da mecânica quântica, conhecido como Condensado de Bose-Einstein, foi demonstrado à temperatura ambiente e utilizando um polímero (compostos de carbono com duplas ligações, como plásticos) luminescente semelhante ao material usado no ecrã de muitos telemóveis.

A IBM revela que esta descoberta é potencialmente aplicável ao desenvolvimento e produção de dispositivos optoelectrónicos, incluindo lasers mais eficientes do ponto de vista energético e interruptores ópticos ultra-rápidos, que serão componentes críticos para futuros sistemas «Big Data».

A IBM sublinha que a utilização de materiais plásticos para conseguir Condensado de Bose-Einstein à temperatura ambiente apontam para a aplicabilidade desta tecnologia de forma economicamente viável.

A multinacional afirma que os seus cientistas estão focados num programa ambicioso de computação em muito larga escala que visa o desenvolvimento de sistemas capazes de processar enormes quantidades de dados com velocidades 50 vezes mais rápidas do que as conseguidas hoje, que precisarão de interligações ópticas que suportem processamentos a alta velocidade.

O Condensado de Bose-Einstein, só experimentalmente comprovado em 1995, é um estado da matéria que ocorre quando um gás de bosões atinge uma temperatura próxima do zero absoluto (menos 273 graus centígrados).

A grande novidade é que os cientistas da IBM conseguiram reproduzir o mesmo estado da matéria à temperatura ambiente utilizando um filme fino de um polímero não cristalino.

Ainda sem comentários