Receitas de servidores em alta no segundo trimestre

Publicado em 07/09/2010 22:45 em Equipamentos

As receitas do mercado mundial de servidores informáticos cresceram 11,0% homólogos no segundo trimestre, para 10,9 mil milhões de dólares (8,6 mil milhões de euros), estima a empresa de pesquisa e consultoria de tecnologias IDC.

Trata-se do segundo trimestre consecutivo de crescimento homólogo da venda de servidores e do maior aumento trimestral de receitas desde 2003.

A produção de servidores aumentou 23,8% em número de unidades no segundo trimestre, uma ligeira aceleração face ao crescimento de 23,0% do trimestre precedente.

Os grandes servidores apresentaram no segundo trimestre um crescimento de 32% nas vendas, o terceiro trimestre consecutivo de crescimento e os de gama média um aumento de 6,9%, o primeiro crescimento em nove trimestres, adianta o estudo da IDC.

As receitas dos servidores empresariais de entrada de gama recuaram 23,6% no trimestre em análise, o sétimo trimestre consecutivo de contracção de vendas.

A HP liderou no segundo trimestre no mercado mundial de servidores, com uma quota de 32,5%, com a facturação a crescer 26,0%, para 3,53 mil milhões de dólares (2,78 mil milhões de euros), e a quota de mercado a aumentar 3,9 pontos percentuais.

A IBM surge no segundo lugar, com uma quota de 29,8%, apesar de um decréscimo de 3,2% nas receitas, para 3,24 mil milhões de dólares (2,55 mil milhões de euros), enquanto a Dell manteve o terceiro lugar, com uma quota de 15,6%, que representa um ganho de 3,2 pontos percentuais, e um acréscimo homólogo de receitas de 39,1%, para 1,70 mil milhões de dólares (1,34 mil milhões de euros).

A Oracle segurou a quarta posição, com uma quota de mercado de 8,6% mas uma quebra de 5,9% nas receitas, para 938 milhões de dólares (739 milhões de euros) e a Fujitsu ficou na quinta posição, com uma quota de 3,4% e um aumento de 7,9% das receitas, que atingiram 368 milhões de dólares (290 milhões de euros, indica a IDC.

As receitas de 5,0 mil milhões de dólares (3,9 mil milhões de euros) dos servidores Microsoft Windows Server representaram 46,5% do mercado, enquanto os servidores Linux server tiveram 1,8 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros) de facturação, um crescimento de 30,0%, representando 16,8% do mercado .

Os servidores Unix, apesar de uma quebra homóloga de 7,2% nas receitas do segundo trimestre, mantiveram o segundo lugar, com receitas 2,9 mil milhões de dólares (2,3 mil milhões de euros) e uma quota de 26,3% do mercado mundial, indicou a IDC.

O mercado de servidores com sistema não x86 (como RISC, EPIC ou CISC) baixou 16,0% homólogos no segundo trimestre, para 3,9 mil milhões de dólares (3,1 mil milhões de euros), recuando pelo quinto trimestre consecutivo, mas a IDC acredita que possa recuperar na segunda metade de 2010 depois de os fabricantes deste segmento terem feito importantes renovações do produto.

Ainda sem comentários