Muitos europeus não verificam sites onde introduzem dados

Publicado em 11/11/2013 00:31 em Segurança Informática

Mais de um quarto (28%) dos cibernautas europeus introduzem dados pessoais e/ou confidenciais, incluindo dados financeiros, em sítios Internet sem verificar a fiabilidade do sítio e se aquele é autêntico, revela a Kaspersky.

Um estudo da empresa de segurança informática de origem russa indica que quase um em cada quatro europeus (24%) nem sequer nunca ouviram falar de ferramentas para verificar a autenticidade de um sítio Internet ou prevenir perda de dados e mais de três em cada cinco (62%) já se depararam com uma ameaça online aos seus activos financeiros.

Acrescenta que 41% dos internautas que perderam dinheiro em consequência de um ataque na Internet nunca o chegaram a recuperar.

A Kaspersky garante que os espanhóis são os europeus mais descuidados, já que os que não verificam a fidedignidade dos sítios Internet antes de aí introduzir informação pessoal são quase o triplo da média do continente, enquanto os franceses, com apenas 8% naquela situação, são os mais precavidos.

A companhia de segurança recorda que esta falta de precaução é aproveitada pelos cibercriminosos que criam sítios a imitar os sítios Internet de companhias importantes, incluindo de bancos, para roubar dados pessoais, nomeadamente dados bancários e de cartões bancários.

Ainda sem comentários