Reino Unido constrói «exército» de centenas de «hackers»

Publicado em 04/10/2013 01:30 em Internet

O Reino Unido está a reunir um «exército» informático contratando centenas de «hackers» para os lançar contra os seus inimigos, indica o blogue oficial da empresa de segurança informática Sophos.

A Sophos cita o sítio noticioso Internet «The Register», segundo o qual o Secretário britânico da Defesa, Philip Hammond, disse que o país está a recrutar centenas de «hackers» dispondo de uma verba até 500 milhões de libras (593 milhões de euros) para esse fim.

Esta iniciativa foi também citada pelo diário britânico «Daily Mail» que designou o grupo como o «exército dos portáteis».

Hammond disse ao «Daily Mail» que as guerras do futuro serão travadas mais por especialistas das tecnologias da informação instalados em bunkers em frente de computadores do que por soldados marchando, tanques ou aviões.

Os «guerreiros dos portáteis» trabalharão com as equipas de segurança informática do governo britânico para proteger infra-estruturas críticas e centros de armazenamento de dados contra ataques electrónicos e usarão vermes e vírus informáticos letais para exterminar os alvos informáticos inimigos.

Hammond recusou explicar de onde sai o dinheiro para pagar aquele exército de especialistas informáticos e apenas reconheceu que para o Reino Unido investir centenas de milhões de libras nas ciber capacidades terá de cortar noutras áreas.

Ainda sem comentários