Kaspersky identifica Cavalo de Tróia para Android que se espalha através redes «bot»

Publicado em 16/09/2013 01:10 em Segurança Informática

A empresa produtora de software de segurança informática Kaspersky anunciou ter identificado um Cavalo de Tróia para dispositivos móveis Android que se espalha através de «botnets» (grupo de computadores infectados que actua em rede controlada remotamente por piratas).

A companhia de origem russa salienta que o Cavalo de Tróia «Obad.a» é espalhado pelos piratas informáticos através de redes «bot» controladas por outros grupos criminosos.

Indica que o «obad.a» está a ter particular incidência Na Europa de Leste, com a Rússia a representar 83% das tentativas de infecção registadas.

O Cavalo de Tróia, que só infecta smartphones e tabletes com o sistema operativo Android, do Google, é normalmente enviado através de mensagens de texto SMS em que o utilizador do dispositivo é convidado a clicar num link.

Geralmente, as falsas mensagens advertem o utilizador para uma alegada dívida por pagar e convidam-no a clicar no link para saber mais.

A Kaspersky afirma que já identificou 12 versões daquele software malicioso, que aproveita uma vulnerabilidade do software Android e se instala com direitos de administrador, o que dificulta a sua remoção.

Roman Unuchek, analista da Kaspersky, citado no comunicado, indica que o Google corrigiu a vulnerabilidade no Android 4.3, versão instalada numa minoria de dispositivos Android, o que significa que os que executam versões anteriores continuam ameaçados.

A crítica de que o Google apenas corrige vulnerabilidades para a última versão e não distribui actualizações de segurança para versões anteriores do sistema operativo Android é recorrente e tem sido alvo de denúncia por mais de uma empresa ligada à segurança informática.

Ainda sem comentários